FSB DIGITAL REDES SOCIAIS

06
jun

Ação inédita da FSB Digital facilita a vida dos torcedores durante a Copa


Vai curtir de pertinho os jogos da Copa do Mundo e quer ficar por dentro de tudo o que rola nas …

FSB DIGITAL REDES SOCIAIS

06
jun

Ação inédita da FSB Digital facilita a vida dos torcedores durante a Copa


Vai curtir de pertinho os jogos da Copa do Mundo e quer ficar por dentro de tudo o que rola nas cidades-sede? Então, você precisa conhecer nossa mais nova ação.Em parceria com o Twitter, criamos um serviço que envia alertas para os seguidores do Portal da Copa nessa rede.

Até o dia 13 de julho, os torcedores podem obter, em tempo real, informações sobre segurança e condições do trânsito de todas as cidades-sede do torneio. Também é possível consultar horários de voos e conferir como está o sentimento dos usuários do Twitter em relação à Copa.

Para participar, basta seguir o @copagov e se inscrever pelo link: twitter.com/copagov/alerts. Ao se cadastrar, o usuário tem como escolher se quer receber os alertas por mensagem direta ou por e-mail e SMS.

MERCADO

27
mai

Pesquisa Influenciadores Digitais


Pesquisa revela que empresas já destinam mais de 18% de sua verba de comunicação aos meios digitais 72% das empresas …

MERCADO

27
mai

Pesquisa Influenciadores Digitais


Pesquisa revela que empresas já destinam mais de 18% de sua verba de comunicação aos meios digitais

72% das empresas ouvidas se relacionam com influenciadores digitais e 64% acreditam que o investimento em ações com influenciadores digitais vai aumentar este ano

Pesquisa realizada pela FSB Digital e o Instituto FSB Pesquisa com 46 dos 300 maiores anunciantes do Brasil para identificar como as empresas se posicionam e se relacionam no meio digital revela que as empresas têm destinado, em média, 18,8% de sua verba de comunicação aos meios digitais e que quem mais recebe investimentos são as redes sociais, seguido pelos sites e portais das próprias marcas.

Curiosamente, esse valor é considerado adequado para 39% das companhias ouvidas e baixo para exatos outros 39%, enquanto para 4% os recursos deveriam ser reduzidos. O levantamento ainda apurou que as empresas estão investindo em meios digitais há aproximadamente cinco anos e possuem em média 11 profissionais dedicados nessa disciplina.

“Diante da queda na audiência das mídias tradicionais e crescimento das plataformas alternativas, como smartphones, tablets, vídeo games, entre outros, este levantamento é importante porque mostra como as maiores empresas do País enxergam o meio digital e como vão direcionar as suas verbas de comunicação no curto prazo”,

diz Maria Claudia Bacci, sócia-diretora da FSB Digital.

A pesquisa também procurou entender como as organizações se relacionam com influenciadores digitais em suas áreas de atuação. Dentre as empresas ouvidas, 72% afirmaram que mantem relações com esse público e 100% delas levam em conta o potencial de repercussão, reputação e a imagem na hora de avaliá-los para uma ação. As ferramentas mais utilizadas nessa interação são encontros de relacionamento e envio periódico de conteúdo.

Quando perguntadas sobre o porquê desses influenciadores serem importantes para a reputação de suas marcas, 48% das empresas citaram a capacidade desses interlocutores em influenciar a opinião do público. Outras 30% citaram o poder de alcance do influenciador, 27% falaram em compatibilidade com o negócio, e 15% colocaram a credibilidade como fator preponderante.

Outro dado interessante auferido pela pesquisa é que 46% das companhias ouvidas veem vantagens no meio digital quanto comparado à comunicação tradicional. Entre as principais vantagens apontadas estão a interação em tempo real, menor custo, maior engajamento com consumidores, disponibilidade permanente de conteúdo e maior assertividade em atingir o público final. Não por acaso, 64% acreditam que o investimento em ações com influenciadores digitais vai aumentar nos próximos anos.

Embora o crescimento da comunicação digital seja notável, 67% das empresas ainda acreditam que a comunicação tradicional e digital se complementam e devem coexistir.

 

FSB DIGITAL

12
mai

Defesa na Copa, já viu?


Na última semana, lançamos para o Ministério da Defesa o hot-site Defesa na Copa, com objetivo de apresentar à população …

FSB DIGITAL

12
mai

Defesa na Copa, já viu?


Na última semana, lançamos para o Ministério da Defesa o hot-site Defesa na Copa, com objetivo de apresentar à população o papel das Forças Armadas no período do mundial.

A equipe de desenvolvimento junto com o cliente optaram por uma navegação mais interativa, fugindo dos modelos convencionais. “Investimos na produção de infográficos, porque é uma forma mais dinâmica de informar, além do apelo visual, que potencializa a dimensão dos dados apresentados”, afirma a diretora-executiva Maria Claudia Bacci.

O Defesa na Copa mostra o eixo de atuação das Forças Armadas e o mapa de defesa nas 12 cidades-sede com os respectivos responsáveis pelo comando.

Acessa lá ;)

 

Ficha técnica

Ministério da Defesa: aprovações Roberto Thomáz da Silveira e Humberto Fernandes Viana

FSB Digital: criação Rodrigo Hideki, operação Marcelo Morales e Marcelo Albuquerque, Atendimento: Tatiana Lobão.

FSB DIGITAL

09
mai

Será que eu preciso de um e-mail marketing?


Especialista da FSB Digital destaca as vantagens da mensagem virtual para as companhias Prestes a completar 25 anos, a internet …

FSB DIGITAL

09
mai

Será que eu preciso de um e-mail marketing?


Especialista da FSB Digital destaca as vantagens da mensagem virtual para as companhias

Prestes a completar 25 anos, a internet traz consigo algumas dúvidas. Uma delas é o destino do e-mail, que há algum tempo deixou de ser estritamente pessoal e começou a se tornar um terreno fértil para as empresas. Elas descobriram que a caixa postal virtual pode ser uma ferramenta muito assertiva quando o assunto é personalização de vendas. Para entender um pouco melhor sobre essa nova roupagem do e-mail, conversamos com Pedro Castro, da área de Desenvolvimento da FSB Digital. Confira o bate-papo:

Quais são as vantagens do e-mail marketing para as empresas?

É uma ação que permite segmentação e personalização da mensagem. E tudo isso a um preço muito baixo, já que um envio custa cerca de 12 centavos. Além disso, esse tipo de mensagem virtual fortalece o trabalho de branding. Para se ter ideia, 70% dos e-mails marketing atualmente estão ligados ao varejo. Outra vantagem é que a empresa consegue entender como é a navegação feita pelo usuário ao receber a mensagem, e isso serve como aprendizado para uma próxima campanha de e-mail marketing. Também vale citar que a taxa de abertura das mensagens é bastante notável e fica em torno de 10% a 20%. Para quem tem uma base extensa e bem trabalhada, esse é um número bem interessante.

Qual é o jeito certo de se comunicar com o cliente?

Isso pode variar. Por conta da personalização da mensagem, que eu já citei, a empresa pode direcionar a mensagem de acordo com o cliente que vai recebê-la. Um torcedor do Palmeiras que não costuma ir aos estádios, por exemplo, vai receber um tipo de e-mail diferente de outro torcedor do Palmeiras que é mais fanático e acompanha o clube há muito tempo.  Esse último pode receber ofertas de camisas vintage, por exemplo, enquanto que o primeiro pode visualizar ofertas de televisões. Ou seja, tanto o texto quanto o produto ofertado pode variar.

O que a empresa deve evitar quando for enviar um e-mail marketing?

Há muita fishing nesse mercado, que é o termo que usamos para as fraudes virtuais. Isso acontece porque não temos uma legislação forte nesse sentido, algo que determine as boas práticas do e-mail marketing. Como as principais ferramentas usadas por aqui são americanas, nossas “auto-regras” são parecidas com as deles. Então, eu acho que as empresas têm de ficar atentas com algumas coisas simples, como a opção do usuário se descadastrar do envio, para evitar entrar na lista negra do e-mail marketing, que manda a mensagem diretamente para a caixa de spam do usuário (ou então nem chega a enviá-la ao cliente).

Os mandamentos do e-mail marketing

  • Definir os objetivos da campanha
  • Tratar a base de envio
  • Criar uma régua de relacionamentos
  • Construir a peça com base nos argumentos acima
  • Testar a mensagem…
  • … e dispará-la para valer!
  • Analisar os dados de recebimento
  • Partir para uma nova campanha

FSB DIGITAL

05
mai

Lorenzo Mendoza na Diretoria de Planejamento e Inovação


Lorenzo Mendoza chega à FSB Digital como a diretoria de planejamento e inovação. O profissional, que trabalhou anteriormente na AgênciaClick …

FSB DIGITAL

05
mai

Lorenzo Mendoza na Diretoria de Planejamento e Inovação


Lorenzo Mendoza chega à FSB Digital como a diretoria de planejamento e inovação. O profissional, que trabalhou anteriormente na AgênciaClick Isobar, LiveAD e Agência Samurai, contribuirá também para as áreas de novos negócios da agência.lorenzo

REDES SOCIAIS

24
abr

FB Newswire


O Facebook acaba de lançar, em parceria com a Storyful, o FB Newswire. O recurso vai reunir notícias do mundo inteiro, …

REDES SOCIAIS

24
abr

FB Newswire


O Facebook acaba de lançar, em parceria com a Storyful, o FB Newswire. O recurso vai reunir notícias do mundo inteiro, incluindo conteúdo em outras línguas, além do inglês.

Segundo o Facebook,

“o recurso tornará mais fácil para que os jornalistas e redações possam encontrar, compartilhar e incorporar conteúdo relevante do Facebook nos meios de comunicação em que trabalham”

 

O FB Newswire reúne, através de algorítimos,  notícias relevantes no Facebook, em categorias como esportes, entretenimento, tecnologia e política. O conteúdo então é verificado pela equipe de jornalistas da Stotyful antes de ser publicado na página do FB Newswire.

O recurso funciona de forma simples. Basta curtir a página do FB Neewswire para começar a receber as notícias no News Feed.

Acesse a nota completa aqui.

INTERAÇÕES

14
abr

Eleições Digitais e o eleitor 3.0


A chegada das redes sociais nos permite passar para outro patamar de comportamento nas eleições presidenciais. O que os cidadãos pensam …

INTERAÇÕES

14
abr

Eleições Digitais e o eleitor 3.0


A chegada das redes sociais nos permite passar para outro patamar de comportamento nas eleições presidenciais. O que os cidadãos pensam a respeito da evolução tecnológica das ferramentas eleitorais? Será que as mídias sociais podem ajudar o cidadão a cobrar as promessas que seus candidatos fizeram em época de eleição? O voto pela internet pode ser uma opção legal e segura para os próximos anos?

Todas essas respostas você encontra na entrevista de Rizzo Miranda, sócio-diretora da FSB Digital, para o Programa É Legal, da especialista de Direito Digital, Dra. Patrícia Peck. O programa é um talk show que trata de assuntos relacionados à cultura digital, inovação e uso de novas tecnologias, bem como a influência desses temas no comportamento das pessoas e na elaboração ou reformulação de nossas leis.

Assista abaixo!

REDES SOCIAIS

08
abr

Twitter lança novo layout


O Twitter lançou o novo layout da rede. Um pouco parecido com o Facebook,  o novo perfil da web permite uma …

REDES SOCIAIS

08
abr

Twitter lança novo layout


O Twitter lançou o novo layout da rede. Um pouco parecido com o Facebook,  o novo perfil da web permite uma foto maior do perfil, cabeçalho personalizado, destaque dos melhores Tweets entre outras novidades. As principais mudanças, de acordo com o microblogging, são:

  • Melhores tweets: tweets que obtiveram um maior engajamento aparecerão um pouco maior, dessa forma, os melhores conteúdos postados serão mais faceis de achar

Imagem1

  • Tweet Fixados: os usuários podem escolher seus tweets preferidos e colocá-los fixados no topo do feed

Imagem2

  • Tweets filtrados: agora é possível escolher o que você deseja ver no feed dos outros perfis,  a partir das opções Tweets, tweets com fotos / vídeos, ou tweets e respostas

Em breve a todos
Esta nova configuração do perfil está disponível hoje para um pequeno grupo de usuários, entre eles @zacefron@channingtatum@nikosaliagas@AFL@flotus@gilbertogil@FloydMayweather@kerrywashington@JohnLegend e @weezer

Os novos recursos para todos serão lançados nas próximas semanas.

Confira aqui o post oficial no Blog do Twitter. 

MERCADO

14
mar

Vídeo lidera a preferência dos consumidores em mobile ads


Um estudo realizado em novembro de 2013 pela PwC descobriu que os anúncios em vídeo são o formato preferido entre os …

MERCADO

14
mar

Vídeo lidera a preferência dos consumidores em mobile ads


Um estudo realizado em novembro de 2013 pela PwC descobriu que os anúncios em vídeo são o formato preferido entre os usuários de smartphones no Brasil, citado por 55% dos entrevistados. Em seguida está o banner e os cupons com 12% e 11% respectivamente.

O Brasil é o país que lidera a preferência pelos anúncios em vídeo. Em segundo lugar está a China, com 36%.

Sabendo-se que os usuários de telefonia móvel no Brasil são receptivos a anúncios de vídeo em seus dispositivos, é útil saber quais canais de vídeo estão no topo da lista.

Um estudo feito pelo Mobile Marketing Association e o IBOPE Nielsen Online apontou o YouTube como o site de vídeos número 1 entre os usuários de smartphones.

Em seguida está a TV Globo e Netflix com 17%, TV UOL com 11% e R7 Vídeos com 8%.

Fonte: e-marketer

MERCADO

20
fev

Império Facebook


As aquisições do Facebook têm se tornado rotineiras no universo corporativo. Até hoje foram mais de 40 empresas compradas desde …

MERCADO

20
fev

Império Facebook


As aquisições do Facebook têm se tornado rotineiras no universo corporativo. Até hoje foram mais de 40 empresas compradas desde sua fundação em 2004.

A mais recente – e mais cara de todas – foi o Whatsapp, por uma quantia de 19 bilhões de dólares, oficializada dia 19 de fevereiro. O aplicativo possui mais de 450 milhões de usuários e aproximadamente 50 bilhões de mensagens são trocadas por dia. A segunda maior aquisição do Facebook foi o Instagram. A rede de compartilhamento de fotos e vídeos foi comprada em 2012, por ‘apenas’ um bilhão de dólares.

O império Facebook começou a tomar corpo 2007. Em 2010 o Facebook já contabilizava mais de 10 empresas. Em 2011 foram 11 empresas compradas. Em 2012 e 2013, 8 e 9 respectivamente, entre redes sociais, empresas de aplicativos, hospedagem e publicidade. O saldo de 2014 já está em 3, contando com o Whatsapp (e ainda nem estamos no mês de março)!

A portal de estatística e pesquisas Statista divulgou um infográfico comparando as maiores aquisições das empresas de tecnologia dos últimos anos. A oferta do Whatsapp, de 19 bilhões de dólares é a maior entre elas.

Infographic: WhatsApp Deal Dwarfs Other High-Profile Tech Acquisitions | Statista

E não para por aí. De acordo com o Mashable, que recebeu informações da empresa FactSet Research, o Facebook ultrapassou a Oracle em valor de mercado.

Screen-Shot-2014-02-14-at-10.51.14-AMÉ, não é pros fracos ;)

 

MERCADO

07
fev

Internet ultrapassa revistas em investimento de mídia


O IBOPE divulgou em fevereiro os investimentos em comunicação do ano de 2013. A publicidade brasileira registrou R$ 112,6 bilhões investidos …

MERCADO

07
fev

Internet ultrapassa revistas em investimento de mídia


O IBOPE divulgou em fevereiro os investimentos em comunicação do ano de 2013. A publicidade brasileira registrou R$ 112,6 bilhões investidos em 2013 contra R$ 94,9 bilhões em 2012, um aumento de 18,65%.

O alto crescimento nas estimativas do IBOPE é, em parte, devido a um aumento no número de mercados no Brasil utilizado na coleta (para 2012 foram considerados 38 mercados e para 2013 foram considerados 41 mercados). Além disso,  o meio TV MERCHANDISING passou a ser reportado também em 2013.

Mantendo com a metodologia dos anos anteriores o resultado seria um crescimento de 9% no total de gastos em mídia.

A TV aberta, como esperado, pegou o primeiro lugar, sendo responsável por 52,9% do total dos investimentos de mídia, com um crescimento de 16,1% em relação a 2012.

tabela midia

Em segundo lugar ficou o Jornal com 16,42% de participação, com um crescimento de 10,4% em relação a 2012.

A internet ultrapassou o meio revistas ficando em quarto lugar, com um crescimento de 11,8% em relação a 2012. Foram R$ 7,3 bilhões contra os 6,5 registrados no ano anterior.

As revistas caíram para a quinta posição com um investimento de R$ 6,9 bilhões contra os 7,2 investidos em 2012. Isso representa uma queda de 4,2%.

Rádio, Mobiliário Urbano e cinema apresentaram crescimento de 2012 para 2013 – em especial o cinema – com 12,4%, 9,4% e 20,4% respectivamente.

O meio Outdoor apresentou uma queda de 8,3% em relação a 2012 e representa apenas 0,09% dos investimentos em mídia (apenas R$ 100,9 milhões).

MERCADO REDES SOCIAIS START-UPS

29
jan

CNN e Twitter. Juntos.


A CNN anunciou hoje, dia 29/01, que firmou uma parceria entre a start-up Dataminr e o microblog Twitter, com o intuito …

MERCADO REDES SOCIAIS START-UPS

29
jan

CNN e Twitter. Juntos.


A CNN anunciou hoje, dia 29/01, que firmou uma parceria entre a start-up Dataminr e o microblog Twitter, com o intuito de alertar seus jornalistas para as notícias mais importantes antes mesmo de se tornarem oficiais.

O fruto da parceria é uma ferramenta que, por meio de algoritmos baseados em uma série de fatores, alerta os jornalistas da CNN sobre as notícias mais relevantes e assuntos mais comentados no microblog. A emissora, que já está utilizando o programa com exclusividade, relatou que a ferramenta ajudou a alertar seus repórteres sobre várias notícias.

Os jornalistas podem também aprimorar o programa com palavras-chave e localização para filtrar os alertas que são gerados. Por ora a CNN possui acesso exclusivo, mas de acordo com o Dataminr, a ferramenta estará disponível para todas as redações ainda este ano.

 

FSB DIGITAL

28
jan

#Braggie, o novo #Selfie


Para quem ainda não conhece, a nova moda das redes sociais é o “braggie”, que vem do verbo “to brag” …

FSB DIGITAL

28
jan

#Braggie, o novo #Selfie


Para quem ainda não conhece, a nova moda das redes sociais é o “braggie”, que vem do verbo “to brag” e significa gabar-se ou exibir-se por algo que se tenha orgulho. Derivado do famoso “selfie”, em que o autor da foto aparece em primeiro plano, o “braggie” traz para a imagem um personagem em ação, ostentando algo, como uma praia deslumbrante ou até a companhia de um famoso.

O objetivo do braggie é sensibilizar os seguidores para o seu momento exibicionista, levando um quê de inveja.

E colocamos o Ministério do Turismo nessa onda!  A campanha “Se é para ostentar, que ostente alegria” já está recebendo fotos no estilo braggie de destinos brasileiros. Para isso, use os internautas devem colocar a hashtag #BraggieMTur.

ostentar

As melhores fotos serão escolhidas e publicadas nas redes sociais. Os usuários serão incentivados a sugerir frases provocativas, sempre com temática positiva, exaltando os prazeres de viajar pelo Brasil, conhecer comidas, paisagens ou culturas diferentes.

REDES SOCIAIS

16
jan

Trending no Facebook


O Facebook anunciou nesta terça feira, 16, seu novo produto. O Trending! Ainda não está disponível em todos os países, …

REDES SOCIAIS

16
jan

Trending no Facebook


O Facebook anunciou nesta terça feira, 16, seu novo produto. O Trending! Ainda não está disponível em todos os países, então se você acessa agora, verá que continua a mesma coisa :/

O Trending ficará a direita do Feed, onde hoje aparecem as notificações de aniversários e eventos, como pode ver abaixo:

Trending 1

Assim como o Trending Topics do Twitter, ele é projetado para a rankear as conversas mais interessantes e relevantes, a fim de ajudar os usuários a descobrir o melhor conteúdo de toda a rede social.

No entanto, diferente do Twitter, a lista é personalizada, ou seja, possui tópicos com base em coisas que você está interessado e também de coisas que são tendência no Facebook como um todo. Cada tópico é acompanhado por um título que explica brevemente por que ele é relevante.

Trending 2

E também diferente do Twitter, esse serviço ainda não está aberto para compra de espaço por marcas ;)

MERCADO

20
dez

FSB Digital Trends 2014


Escolhemos 25 profissionais do Brasil e do Exterior para nos dar preciosas dicas sobre as mais interessantes tendências digitais para …

MERCADO

20
dez

FSB Digital Trends 2014


Escolhemos 25 profissionais do Brasil e do Exterior para nos dar preciosas dicas sobre as mais interessantes tendências digitais para 2014.

A bola rola em ano de Copa e de eleições presidenciais e a aposta é de que haja um comportamento engajado nas redes sociais à base de aplicativos para smartphones, gritando “gol!” junto com a TV – só que na segunda tela.

O hangout vai comprovar que o investimento no Google+ valeu para fazer os verdadeiros comícios eleitorais na web. Nas redes sociais, o Facebook se mantém firme, mas tem gente correndo para outras redes, em busca de atenção.

O conteúdo digital amplia seus infinitos e formatos constantemente renovados para encarar, junto com a mídia online, o “muro do algoritmo”, no qual marcas só aparecem se pagarem bem. E, ao pagar, viabilizarão, finalmente, os modelos de negócios do Facebook, Twitter e outras redes.

Mas não se trata apenas de pagar: é preciso sofisticar o conteúdo, que estará cada vez mais a serviço da segmentação. E há a aposta na mídia offline, e… em wearable tech, a tecnologia de vestir indicando o caminho da “bigbrotherização”. Mas, antes de tudo, é bom saber que tem uma coisa que não vai mudar (quem garante é um dos nossos antenados!): na internet todos têm o mesmo tamanho. Então… desce do salto e vem!

Acesse aqui o conteúdo o conteúdo completo >> http://bit.ly/1ieey9Y

 

MERCADO

13
dez

Publicidade Digital deve crescer 20% em 2013


A previsão do EMarketer é que os gastos com a publicidade digital no Brasil cresça em 20% em 2013. De …

MERCADO

13
dez

Publicidade Digital deve crescer 20% em 2013


A previsão do EMarketer é que os gastos com a publicidade digital no Brasil cresça em 20% em 2013. De 2012 para 2013 esse crescimento foi de 40%. 

Essa conta é realizada a partir de todos os formatos de mídia comercializados em computadores, laptops, tablets ou smartphones, exceto SMS, MMS e mensagens P2P.

A taxa de crescimento inferior em comparação com o ano anterior é, em parte, explicado pelo aumento do número de players no mercado, o que efetivamente amplia a base a partir da qual o investimento em publicidade digital cresce.

Para 2014 a previsão é que o mercado cresça 28%, isso devido à Copa do Mundo e as eleições presidenciais e estaduais, atingindo 14,1% do total dos investimentos de mídia do mercado.

emarketer-1

 

REDES SOCIAIS

12
dez

Conheça o Instagram Direct


Depois de ser adquirido pelo Facebook e lançar o recurso de vídeos, o Instagram preparou o terreno para anunciar mais …

REDES SOCIAIS

12
dez

Conheça o Instagram Direct


Depois de ser adquirido pelo Facebook e lançar o recurso de vídeos, o Instagram preparou o terreno para anunciar mais uma novidade da rede. Após muito suspense e um convite misterioso aos veículos de comunicação, o CEO Kevin Systrom anunciou hoje, em NY, o Instagram Direct. Um novo recurso que permite aos usuários compartilhar fotos e vídeos com um grupo de até 15 pessoas. A iniciativa partiu da rede sob o seguinte discurso:

“Nos últimos três anos, a comunidade Instagram cresceu para mais de 150 milhões de pessoas que capturam e compartilham momentos em todo o mundo. O Instagram tem evoluído não só em uma comunidade de fotógrafos, mas também em um meio de comunicação visual. Seja de uma foto de seu café matino a um nascer do sol do topo de uma montanha, cada momento contém algo que você considera especial. No entanto, existem momentos em nossas vidas que queremos compartilhar apenas para um grupo seleto de pessoas, por ser uma foto mais íntima e relevante. Seja uma piada interna entre amigos, um momento especial da família ou até mesmo uma foto de seu novo cachorrinho. O Instagram direto ajuda a compartilhar esses momentos.”

 

O lançamento do novo recurso aparece justamente após o Snapchat – rede de compartilhamento de fotos instantâneas – recusar a oferta de compra de U$ 3 bilhões pelo Facebook. Pode ser coincidência ou uma alfinetada na rede, por não aceitar a proposta. Abaixo o vídeo conceito lançado hoje:

Entenda a história

Em 2012, em resposta ao Snapchat, o Facebook lançou, em apenas 12 dias, o aplicativo “Poke”, que possui as mesmas funcionalidades do concorrente. Mas ao contrário do esperado, o app não atingiu o sucesso. Com o fracasso, Mark Zuckerberg decidiu então comprar o Snapchat. Após a recusa da proposta, o Instagram anunciou hoje essa nova funcionalidade, que concorre parcialmente com a rede de fotos instantâneas, já que as fotos ficam armazenadas e não descartadas em apenas 10 segundos.

OPINIÃO PROPAGANDA

04
dez

O nosso mundo está mudando. Ou melhor, já mudou.


E a propaganda, que vive de mundo, também vem mudando há anos. Do rádio para o cinema, depois para o …

OPINIÃO PROPAGANDA

04
dez

O nosso mundo está mudando. Ou melhor, já mudou.


E a propaganda, que vive de mundo, também vem mudando há anos. Do rádio para o cinema, depois para o jornal impresso, na sequência para a televisão, depois para a internet… e sabe-se lá o que ainda virá por aí.

É por isso que nós, publicitários, precisamos entender de uma vez por todas que a indústria da comunicação vive em constante mudança. Alguns até relutam e pensam se é necessário estar nesta revolução, se é preciso se conectar a ambientes digitais e se é necessário estar dentro das novas mídias. Oras, se o seu consumidor está lá, por que você não estaria?

(E disso acho que ninguém discorda. Acho.)

O que fica discordante é entender por que as agências estão organizadas do mesmo jeito que se organizavam em 1960. Com duplas criativas, com equipes unidisciplinares, com uma visão de que o nosso negócio é “apenas” a mídia.

Mudou. E a forma de pensar dos clientes dos nossos clientes também mudou. A forma como eles consomem propaganda é diferente a cada dia. Nós, no entanto, continuamos entregando a comunicação no mesmo formato de sempre.

São raros os casos de ações ou pensamentos fora da estrutura tradicional. Não vou citar nenhum exemplo da nossa indústria para não ficar canibalizando, mas vocês devem se lembrar do fenômeno PSY e de todo o sucesso que ele fez após lançar o seu clipe no Youtube. Falando em Brasil e pegando só este ano como base, podemos girar para um lado e para o outro cantando “Ah lelek lek lek” sem constrangimento algum.

Numa análise superficial, é fácil entender a disseminação desse conteúdo: é engraçado, é diferente, você sabe que seus amigos vão gostar. Agora, em uma análise mais profunda, por que essas coisas dão certo? Qual a técnica de comunicação aplicada? Por que um conteúdo desses pode chamar mais atenção que a propaganda?

É porque mudou. Os anunciantes têm cada vez tem mais agências para interagir e menos tempo para poder articulá-las e fazê-las pensarem de forma integrada em benefício da marca.

Num passado não muito distante, era comum uma única agência ser responsável por todas as ações de comunicação e marketing de seus clientes, da propaganda até a realização de eventos. Atualmente, no entanto, o que temos são várias agências especializadas nos seus setores, agindo de acordo com seus cenários. Tem agência de guerrilha, agência de eventos, agência de branding, agência de digital, agência de RP, agência de propaganda, agência de search, agência de tudo.

E normalmente os anunciantes ficam no meio dessa história. São muitos os fornecedores e pouca – ou nenhuma – integração inteligente. Aquela que não replica, recria.

 

Mudou! E mudou também a forma de remuneração. Hoje, com a possibilidade de se metrificar tudo, os clientes buscam metas ainda mais agressivas a cada novo job. Está tudo muito mais relacionado ao resultado da campanha e muito menos ao custo da tabela de mídia ou ao valor de hora-homem.

Em última análise, é preciso reinventar o nosso negócio. Num texto que escrevi em 2011, logo após o festival de Cannes, tratei desse assunto com um viés puramente criativo. Mas, como dizem por aí, agora a coisa ficou séria. “Agora é a hora de juntarmos equipes, empresas, indústrias e afins, e nos enquadramos nessa realidade mundial de mudança”. Mais do que em qualquer outra época, acho que agora é o momento de mudar a nossa história.

Lembre-se: mudou.

E eu estou fazendo as minhas mudanças.

E você?

Mateus Braga

Diretor Executivo de Criação

REDES SOCIAIS

03
dez

Entenda as novas mudanças no algorítimo do Facebook


“O objetivo do News Feed é mostrar o conteúdo certo para as pessoas certas no momento certo, se é de …

REDES SOCIAIS

03
dez

Entenda as novas mudanças no algorítimo do Facebook


“O objetivo do News Feed é mostrar o conteúdo certo para as pessoas certas no momento certo, se é de um amigo próximo ou uma fonte de notícias do outro lado do mundo.”

 

É por esse motivo que o algorítimo da rede continua a ser atualizado. Eles mantém uma série de pesquisas para entender o comportamento dos usuários e fazem modificações de tempo em tempo para melhorar as interações, seja com amigos ou marcas.

 

A mudança recente foi decidida baseado em dados coletados no ano passado que mostram que mais pessoas buscaram notícias via Facebook, em comparação ao período anterior. As pesquisas mostram que, em média, as pessoas preferem links de artigos de alta qualidade do que memes populares.

 

“Hoje as pessoas querem ver notícias mais relevantes e querem saber o que os seus amigos têm a dizer sobre isso.”

 

 

A atualização do algorítimo permitirá distinguir entre um artigo de alta qualidade e um meme, fazendo com que o primeiro apareça com maior frequência do que o segundo no Feed de notícias, principalmente na plataforma Mobile (memes = cards / imagens sem links).

 

Ou seja, para as marcas o ideal seria criar cards com links externos ao Facebook, para que não percam a interação com seus fãs, dado que apenas imagens perderão relevância na rede.

 

No blog oficial é possível acessar a notícia na íntegra (clique aqui).

MERCADO

02
dez

Tendências de Consumo para 2014


O Trendwatching acaba de lançar as tendências para o ano de 2014. Decidimos compartilhar, pois, por mais que não seja …

MERCADO

02
dez

Tendências de Consumo para 2014


O Trendwatching acaba de lançar as tendências para o ano de 2014. Decidimos compartilhar, pois, por mais que não seja estritamente sobre o universo digital, essas tendências falam sobre consumo, comportamento do consumidor, valores e tudo que pode impactar os negócios no ano que vem em âmbito global.

Há predominância de dois principais aspectos: a valorização de empresas sustentáveis e éticas e o amadurecimento do mercado em relação às questões relacionadas ao ambiente digital – produtos conectados à internet, a discussão sobre a privacidade dos dados de clientes e a plataforma móvel sendo utilizada como autosserviço.

Se preferir, acesse aqui o conteúdo completo.

 

1. STATUS SEM CULPA

A maioria dos consumidores vive em uma interminável espiral de culpa. Isso acontece devido aos danos causados pelo seu consumo ‘inconsciente’, que prejudica o planeta, a sociedade ou até mesmo a si próprios. Hábitos de consumo que, por uma questão de condicionamento e vício, não conseguem ser alterados. A oportunidade para as empresas será de criar produtos e serviços com “Status Sem Culpa”, ou seja, sustentáveis e éticos. Veja alguns exemplos aqui.

 

2. “FORMATADO POR MULTIDÕES”

Em 2014 mais pessoas vão reunir seus dados, perfis e preferências em grupos para dar forma a novos bens e serviços. Por meio de mídias sociais, históricos de internet, comércio eletrônico, listas de leituras/seriados/filmes e músicas, serviços de GPS dos smartphones, além de outras coisas, consumidores conectados estão criando amplos perfis e deixando para trás rastros de dados que dizem respeito a tudo: de suas preferências musicais a seus deslocamentos diários. 2014 verá duas certezas:

 

(1) As tecnologias que facilitam a criação e o compartilhamento passivo dos fluxos de dados que vão se tornar cada vez mais onipresentes

(2) As expectativas dos consumidores se ampliam – mais uma vez – por meio dessa onipresença. Isso significa que o pessoal conectado chegou à maioridade, por meio do CROWDSHAPING: novos produtos e serviços adaptados de acordo com as preferências ou comportamentos agregados de grupos (grandes e pequenos) de consumidores, da maneira como são expressados por meio de seus dados.

 

3. “FEITO MAIS VERDE PELA/PARA A CHINA”

Em 2014, as percepções da China darão mais uma guinada importante, na medida em que os consumidores se derem conta de que o país está se transformando, com rapidez, no epicentro de inovações ecológicas verdadeiramente inovadoras e superiores. Essa mudança será impulsionada pelas iniciativas incansáveis e em larga escala da China para tratar de enormes desafios ambientais como energia, transporte, construção e outros. Na verdade, a ideia entre muitos consumidores no mundo todo de que as marcas chinesas ficam para trás no quesito do pensamento ecológico talvez seja uma das últimas grandes vantagens competitivas de que as marcas “ocidentais” ainda desfrutam.

Quando esse preconceito for derrubado, uma das últimas barreiras que afasta as marcas chinesas dos consumidores globais não existirá. Este é apenas mais um pequeno, porém fundamental, momento no re-mapeamento do consumo global.

 

4. “MINHA-PSICO” (MYCHIATRY)

Em 2014, o interesse dos consumidores por produtos e serviços “Quantified Self” vai continuar a crescer na medida em que relógios inteligentes e outros acessórios tecnológicos, e de preço acessível, chegam ao mercado.
Até agora, boa parte da atenção do setor tem se voltado à saúde física. O próximo passo? Os consumidores vão cada vez mais ver seus smartphones como aparelhos que fornecem assistência total a seu estilo de vida. A penetração quase total dos smartphones em vários mercados significa que os consumidores vão cair de boca em inovações que ajudem a acompanhar e melhorar o bem-estar mental e físico.
Dois tipos de consumidores que alimentam esta tendência:
- Aqueles para quem a saúde mental – assim como a forma física, o progresso da carreira e as conquistas acadêmicas – é uma nova marca de sucesso.
- Os consumidores sem tempo, com trabalho demais, estressados e tomados pela ansiedade, para quem as inovações MYCHIATRY oferecerão o alívio tão necessário das pressões da vida moderna.
E não importa o setor em que você atua, a tendência MYCHIATRY deve suscitar muita conversa a respeito dos rumos futuros da megatendência de fortalecimento do consumidor e do autosserviço por meio da tecnologia.

 

5. “SEM DADOS” (NO DATA)

Como 2013 testemunhou, houve uma enxurrada de marcas que sofreram “quebras de privacidade” e revelaram assim informações sobre os seus consumidores, além das ações que vazaram de uma agência do governo; hoje não é apenas uma minoria paranóica que está incomodada com essa situação. Isto tudo leva a oportunidade, em 2014, para marcas “SEM DADOS”: marcas que oferecem ótimos serviços ao mesmo tempo em que deixam de coletar dados pessoais.

Dados:

- 82% dos consumidores globais acreditam que as empresas coletam informações demais sobre eles (Adobe, junho de 2013)
- 86% dos usuários de internet dos EUA tentaram remover ou mascarar suas atividades online, apesar de apenas 37% deles acreditarem que é possível permanecer completamente anônimos online (Pew Research Center, setembro de 2013)
- 93% dos usuários de email acreditam que deveria ser possível optar por não ter o conteúdo de suas mensagens escaneadas para oferecimento de propaganda personalizada  (GfK & Microsoft, novembro de 2013)

O desafio das empresas vai ser encontrar equilíbrio entre os benefícios muito reais da coleta e utilização de dados (recomendações, vendas cruzadas, personalização, renda de anúncios acentuada e mais) e conquistar a confiança de consumidores cada vez mais hackeados.

 

6. THE INTERNET OF CARING THINGS “A INTERNET DAS COISAS QUE CUIDAM”

Tudo que for excepcional, que os “objetos conectados” possam fazer pelos consumidores, seja monitorar ou aprimorar a saúde, ajudá-los a economizar dinheiro ou a executar tarefas, será recebido com alegria no ano que vem e nos anos que estão por vir. Veja aqui alguns exemplos.

 

“A Internet das Coisas vai agregar U$ 1,9 trilhão de valor econômico à economia global em 2020.” (Gartner, outubro de 2013)

 

“Em 2009, havia 2,5 bilhões de aparelhos conectados, em sua maior parte, eletrônicos pessoais como celulares e PCs. Em 2020, haverá até 30 bilhões de aparelhos conectados, sendo que a maior parte será de produtos.” (Gartner, outubro de 2013)

 

 

OPINIÃO

11
nov

O que faz uma boa métrica?


No mundo digital, tudo é mensurável: clicks, visitas, conversões, ROI, tempo no site, comentários, likes, retweets, alcance, engajamento (…) E …

OPINIÃO

11
nov

O que faz uma boa métrica?


No mundo digital, tudo é mensurável: clicks, visitas, conversões, ROI, tempo no site, comentários, likes, retweets, alcance, engajamento (…)

E para saber quais métricas utilizar? Como utilizar? Trouxemos aqui 5 características que fazem de uma métrica, uma BOA métrica:

1) Estar alinhada com os objetivos do negócio.

Qual o seu objetivo de comunicação / marketing? É aumentar a imagem de marca? Se comunicar com seu público? Aumentar as vendas? No quadro abaixo mostramos alguns exemplos de objetivos e quais são os KPIs que devem ser analisados (os indicadores-chave de performance). Para você que ainda não está familiarizado com os termos abaixo, convidamos você a acessar esse link do Glossário das Métricas.

 Tabela 1 metricas

2) Ajudar na tomada de decisões

É a chamada Métrica Acionável, ou seja, ela oferece subsídios para a tomada de decisão. Para isso, ela deve estar contextualizada e demonstrar causa e efeito. Mas o que isso significa? Simples. Vamos supor que duas taxas caíram repentinamente em um intervalo de tempo. Concluir que ambos tiveram queda por um motivo específico é premeditado. É preciso identificar de forma correta o que causou cada queda e com isso montar um plano de ação.

Tabela 2 metricas

3) Não ser uma ‘métrica de vaidade’

Mas o que que é métrica de vaidade? São números que impressionam, mas não ajudam a tomar nenhuma decisão, como por exemplo, apenas acompanhar o total de fãs de uma página. O número sempre estará em crescimento e pode passar a ideia de que “as coisas estão indo bem”. Neste momento, é preciso recorrer às métricas acionáveis, como medir a taxa de crescimento ou a taxa de engajamento, e mais importante, entender qual ação contribuiu para as variações na métrica.

Dessa forma é possível avaliar se o conteúdo postado tem relevância para o público-alvo ou não e assim novamente traçar um plano de ação. Sempre atrelado ao objetivo do negócio.

metricas 2

4) Ser auditável

Ser auditável significa seguir os conceitos dos cálculos de cada métrica, de acordo com os padrões de mercado. Caso contrário, as métricas só vão maquiar os números reais. O exemplo abaixo é do cálculo correto da taxa de engajamento.

metricas 4

5) Modificar comportamentos

Você constrói, mede e aprende. Através do teste de hipóteses, o seu aprendizado torna-se repertório para as suas próximas ações. Um ciclo que só tem a agregar no seu negócio e no seu relacionamento com seu público.

Gostou? Então não deixe de acessar nosso blog para saber mais dicas sobre o mundo digital ;)

FSB DIGITAL

09
nov

Portal Brasil 2016 está no ar!


Foi lançado no dia 9 de novembro pela FSB Digital, a serviço do Ministério do Esporte, o Portal 2016, o site …

FSB DIGITAL

09
nov

Portal Brasil 2016 está no ar!


Foi lançado no dia 9 de novembro pela FSB Digital, a serviço do Ministério do Esporte, o Portal 2016, o site oficial do Governo Federal para os Jogos Olímpicos e os Jogos Paraolímpicos de 2016. Você pode acessar o Portal no endereço: www.brasil2016.gov.br.

O novo portal oferece aos internautas notícias atualizadas, informações sobre os programas e investimentos do Governo Federal, enquetes e entrevistas em vídeo exclusivas.

Para o lançamento, três atletas (Arthur Zanetti, Alan Fonteles e Yane Marques) que se destacaram no cenário internacional e conquistaram resultados excepcionais nos Jogos de Londres e em Campeonatos Mundiais falam sobre suas carreiras, contam curiosidades e dizem o que esperam dos Jogos Rio 2016.

Também para o lançamento, o Portal Brasil 2016 preparou um vídeo especial em que atletas de renome do esporte olímpico e paraolímpico convidam os brasileiros a participar da contagem regressiva para os Jogos de 2016. Participam do vídeo Hugo Parisi, dos saltos ornamentais; Fabiana Murer, do salto com vara; Guilherme Giovannoni e Alex Garcia, do basquete;Shirlene Coelho e Alan Fonteles, do atletismo paraolímpico.

Além de notícias e entrevistas exclusivas, o Portal Brasil 2016 apresenta um grande leque de informações. É possível conhecer a história dos Jogos Olímpicos e dos Jogos Paraolímpicos e saber detalhes e curiosidades sobre cada uma das edições. Há também uma área dedicada à participação do Brasil nas Olimpíadas e nas Paraolimpíadas, com fichas, quadros de medalhas e curiosidades.

O internauta pode ainda conferir detalhes sobre o legado dos Jogos, no Rio de Janeiro e em todo o país, além de acompanhar as informações sobre os preparativos do grande evento, tanto em relação aos treinamentos e competições dos atletas quanto ao andamento das obras.

REDES SOCIAIS

07
nov

Campanha #Orgulho Cearense


Acaba de sair do forno a nova campanha do Governo do Estado do Ceará: #OrgulhoCearense! A campanha tem como objetivo enaltecer …

REDES SOCIAIS

07
nov

Campanha #Orgulho Cearense


Acaba de sair do forno a nova campanha do Governo do Estado do Ceará: #OrgulhoCearense!

A campanha tem como objetivo enaltecer as belezas do Estado e divulgar as peculiaridades do povo e de sua cultura. A estratégia de comunicação digital vai abranger as redes Facebook, Twitter, Youtube, Google Plus e Instagram e tem como conceito criativo o folclore cearence.

post 5

Com uma pitada de humor, uma série de ações vão compor a campanha #OrgulhoCearense, como por exemplo:

  • Lançamento de um ‘Dicionário de Cearês’
  • Minivídeos com depoimentos de cearenses famosos, como o cantor Falcão
  • Homenagens a personalidades históricas do Ceará (José Alencar, Chico Anysio, Rachel de Queiroz, entre outros)
  • Peças exaltando o potencial turístico e econômico do Estado

Acesse as redes oficiais do Governo do Ceará:

E aqui você confere algumas das peças que vão compor a campanha.

OPINIÃO

06
nov

Dicionário Digital


“Esse blog faz um forte trabalho de SEO e tem ótimo bounce rate, mas se aumentar o alcance nas redes …

OPINIÃO

06
nov

Dicionário Digital


“Esse blog faz um forte trabalho de SEO e tem ótimo bounce rate, mas se aumentar o alcance nas redes sociais pode conseguir ainda mais visitantes únicos.”

 

Não entendeu nada? A gente ajuda. Veja abaixo o significado de alguns dos principais termos usados no meio digital.

Alcance pago: dado específico do Facebook. Representa o número de pessoas que visualizaram uma história patrocinada ou um anúncio direcionando para a página.

Alcance potencial: contagem do número de pessoas únicas impactadas por uma mensagem, tema ou marca.

Alcance sistemático ou orgânico: dado específico do Facebook. Representa o número de pessoas que visitaram a página ou visualizaram uma das publicações da página no feed de notícias ou na seção novidades. Podem ser pessoas que curtiram a página e pessoas que não curtiram a página.

Alcance viral: dado específico do Facebook. Representa o número de pessoas que visualizaram a página ou uma de suas publicações a partir da história compartilhada por um amigo. Histórias incluem curtir a página, publicar na linha do tempo da página, curtir, comentar ou compartilhar uma das publicações da página, responder a uma pergunta publicada, responder a um eventos, mencionar a página, marcar a página em uma foto ou fazer o check-in no local.

Alcance: no Twitter, é o número de usuários únicos que potencialmente receberam um tweet sobre um determinado termo ou assunto. É calculado pela soma de seguidores originais de cada pessoa que twittou sobre o termo de pesquisa, e leva em conta a sobreposição de seguidores (assim ninguém é contado duas vezes). É análogo a visitantes únicos de um site. No Facebook, é a quantidade de usuários únicos que são impactados por um post, seja por meio de um compartilhamento por uma página ou por um perfil.

Blogs: são páginas da Web que têm atualização rápida e constante de artigos ou “posts”, fotos, vídeos e outros materiais informativos que são organizados cronologicamente, como em um diário, e podem ser escritos por um número variável de pessoas, de acordo com a política do blog.

Blogueiro: aquele que escreve em blogs. O universo dos blogueiros (a soma de tudo o que está relacionado a este grupo) é conhecido como blogosfera.

Bounce Rate: o termo pode ser traduzido e entendido como a taxa de rejeição de um site, ou seja, a porcentagem de usuários que entraram na página e saíram sem fazer nenhum tipo de interação sobre o total que acessou a página.

Comentar: No Facebook e nos blogs, é a mensagem que é publicada em uma notícia, post, foto ou publicação e que, geralmente, traz a opinião do usuário sobre o assunto.

Compartilhar: No Facebook, é a atividade de replicação de um conteúdo que será visto por todos os seus seguidores, amigos ou pessoas que estejam disponíveis a visitar o perfil do autor ou página.

Curtir: botão do Facebook que permite ao usuário interagir de maneira simples com o post publicado. Quando o post é “curtido”, ele também aparece na timeline dos amigos de quem interagiu com o conteúdo, o que ajuda na divulgação do post.

Impressões: é o número total de vezes que uma mensagem sobre um determinado assunto foi entregue, mesmo que envolva o mesmo usuário repetidas vezes.

Atributo de imagem: menção a uma característica da marca, que atribui uma qualificação a mesma (exs: competência, corrupção, ética, responsabilidade etc.).

CSV: um arquivo csv é um arquivo de planilha, que contém dados, em cada linha, separados por um caractere de separação (em geral, uma vírgula ou um ponto e vírgula). Serve para exportação e importação de dados para diferentes ferramentas.

CTR: click through rate é proporção da frequência com que as pessoas que visualizam seu anúncio clicam nele. O CTR pode ser usado para avaliar o Avaliar a relevância e desempenho do seu anúncio.

Dimensão: uma dimensão é um atributo ou característica descritiva de um objeto a que podem ser atribuídos diferentes valores (ex: localização geográfica, faixa etária, origem de tráfego, tema do post etc.). Pode ser utilizada para filtrar uma métrica (ex: número de visitas por origem de tráfego, taxa de engajamento por tema de post etc.)

Facebook insights: área de dados sobre a página, apenas acessível pelo administrador.

Facebook: rede social lançada em 4 de fevereiro de 2004. Fundada por Mark Zuckerberg, inicialmente era restrita a estudantes da universidade de Harvard. É hoje a maior rede social do mundo.

Fakes: representações, na internet, de pessoas que não existem ou não são diretamente responsáveis pelo discurso produzido na rede. É algo falso, fantasioso, que serve para determinados fins, desde entretenimento até fraudes.

Flickr: rede social para hospedagem e compartilhamento de imagens fotográficas, adquirida em março de 2005 pelo Yahoo.

Hashtag: caracterizada pelo símbolo # junto de qualquer palavra, facilita a pesquisa de interesses e assuntos relevantes como forma de ajudar a agrupar melhor um termo para um assunto do momento, debate ou evento.

Impacto: número de usuários que foram atingidos por determinado conteúdo.

Influenciador: é o mensageiro que tem uma página, blog ou site com uma boa quantidade de visitas, posts e relevância com sua audiência.

Impressões: contagem do número de vezes em que uma mensagem foi visualizada por usuários. Um mesmo usuário pode ter visto mais de uma impressão da mensagem.

IMS– influence marketing score: indicador de avaliação da imagem de uma marca monitorada em determinado período de tempo.

Indicador-chave de performance: indicador-chave de performance é a métrica mais importante a ser acompanhada, pois está diretamente ligada ao objetivo do negócio ou de comunicação (ex: ROI, renda média por visita, taxa de conversão de visitantes em assinantes etc.).

KPI (Key Performance Indicator): Ver “indicador-chave de performance”.

Menções: são citações à marca ou termo monitorado em um dado período de tempo. Menções são diferentes de posts, já que em um único post pode haver mais de uma citação à marca, com temas e sentimentos diferentes.

Mention ou Menção: quantidade de citações à marca ou termo monitorado em um determinado período de tempo. Menções são diferentes de posts, já que em um único post pode haver mais de uma citação ao termo buscado.

Mídias sociais: plataformas de comunicação digital nas quais as pessoas interagem em colaboração através de comunidades virtuais, blogs, wikis, fóruns e outros

Offline: representa o conteúdo que não está na web ou é inacessível por meios virtuais.

Orkut: rede social filiada ao Google e criada com o objetivo de ajudar seus membros a fazer novas amizades e manter relacionamentos. Até 2011 era a rede mais usada no Brasil.

Post: conteúdo publicado em um blog ou rede social, que pode ou não conter espaço para comentários.

Pagerank: sistema de algoritmos que ajuda a determinar a relevância de uma página na rede usando a escala de 0 a 10, sendo 10 o valor máximo.

Reply: resposta de um usuário a uma mensagem postada por outro perfil do Twitter.

Retweet: função do Twitter que replica uma determinada mensagem de um usuário para a lista de seguidores, dando crédito a seu autor original.

Seguidores/fãs: Usuários que aceitam receber as mensagens publicadas por um perfil ou página. Podem ser consideradas como audiência fidelizada.

SEO: sigla para Search Engine Optimization que define as estratégias de otimização de um site para ser melhor ranqueado ou encontrado por ferramentas de busca.

Métrica: métricas são dados de medição, valores. Podem ser contagens, somas, proporções ou taxas (ex: número de visitas, número de fãs, taxa de engajamento, ROI etc.). Podem ser visualizados em associação com alguma dimensão (ex: número de visitas por origem de tráfego, taxa de engajamento por tema de post etc.)

Número de menções: quantidade de citações à marca ou termo monitorado em um dado período de tempo. Menções são diferentes de posts, já que em um único post pode haver mais de uma citação à marca, com temas e sentimentos diferentes.

Pageviews: ver visualizações de páginas.

Pessoas falando sobre isso: dado específico do facebook. O número de usuários únicos que compartilharam história sobre a página. Essas histórias incluem curtir a página, publicar na linha do tempo da página, curtir, comentar ou compartilhar uma das publicações da página, responder a uma pergunta publicada, responder a um eventos, mencionar a página, marcar a página em uma foto ou fazer o check-in no local.

Report do tweetreach: relatório gerado no tweetreach, com limite de 7 dias ou 1.500 tweets.

Sentimento: avaliação de como a menção afeta a imagem da marca para o público, para categorização.

Share of Voice: é a relação entre a quantidade de posts que citam a marca ou item monitorado pela quantidade total de posts que citam o segmento ao qual a marca pertence. Muito usado para comprar a atuação de um produto em relação a seu concorrente.

Trending Topics (TT): são os assuntos (hashtags ou conjunto de palavras) mais comentados no Twitter.

Twitaço: movimento organizado no Twitter para que várias pessoas se manifestem ao mesmo tempo sobre determinado assunto.

Twitcam: é um serviço vinculado ao Twitter que permite aos usuários transmitirem vídeos ao vivo (live streaming) por meio de uma câmera conectada ao computador.

Timeline: espaço em que o usuário recebe, em tempo real, todas as mensagens dos perfis que ele segue no Twitter e das páginas e amigos no Facebook.

Tweet: mensagem postada no Twitter, que pode ter até 140 caracteres.

Twitter: é uma rede social e servidor para microblogging que permite que os usuários enviem atualizações pessoais contendo apenas texto em menos de 140 caracteres.

Unique pageviews: ver visualizações únicas de página.

Unique Visitors: ver visitantes únicos.

Taxa de engajamento médio por post: a média das taxas de engajamento dos posts de um perfil em um período pré-definido.

Taxa de engajamento por post: taxa de engajamento aplicada aos dados de um post específico, para avaliar o seu sucesso. Fórmula usada: interações no post específico/total de fãs x100

Taxa de engajamento: índice mais utilizado pelo mercado para medir e comparar o nível de participação e interação do público com o conteúdo de um perfil ou página em uma rede social. Pode ser aplicado em qualquer período (ex: dia, semana, mês etc.). Fórmula usada: interações nos posts do perfil no período avaliado/total de fãs x100

Tracker do tweetreach: rastreador criado no tweetreach para acompanhamento de termos sem limite de tempo ou tweets. Só consegue captar dados a partir de sua data de criação.

Usuários envolvidos: dado específico do facebook. O número de usuários únicos que interagiram com a página. Interação inclui qualquer clique ou história criada. As histórias incluem curtir a página, publicar na linha do tempo da página, curtir, comentar ou compartilhar uma das publicações da página, responder a uma pergunta que publicada, responder a um eventos, mencionar a página, marcar a página em uma foto ou fazer o check-in no local.

Visitas: número de vezes que um site ou blog foi acessado. Não exclui a repetição de visitas de um mesmo usuário.

Visitantes únicos: usuários únicos que acessaram um site ou blog. Exclui a repetição de visitas de um mesmo usuário.

Visualizações de página: número de vezes que a página de um site ou blog foi acessada. Não exclui a repetição de visitas de um mesmo usuário.

Visualizações únicas de página: número de usuários únicos que acessaram uma página de um site ou blog. Exclui a repetição de visualizações de páginas por um mesmo usuário.

PROPAGANDA

05
nov

Chegou o 1º anúncio no Instagram


Após 3 anos sem gerar receita para o negócio, o Instagram oficializou, no início deste mês, que iniciaria a veiculação …

PROPAGANDA

05
nov

Chegou o 1º anúncio no Instagram


Após 3 anos sem gerar receita para o negócio, o Instagram oficializou, no início deste mês, que iniciaria a veiculação de anúncios, para torná-lo sustentável e continuar provendo seus serviços aos usuários (veja aqui).

Em seu Blog Oficial, o Instagram esclarece todas as dúvidas aos usuários e menciona as primeiras marcas que fariam anúncios – Adidas, Ben & Jerry’s, Burberry, General Electric, Lexus, Levi’s®, Macy’s, Michael Kors, PayPal and Starwood.

O primeiro anúncio a ser veiculado foi da grife Michael Kors, no dia 1º de novembro. A Nitrogram – Plataforma de Análise e Monitoramento do Instagram – divulgou em seu blog os resultados do post patrocinado.

 

“Olhando para a propagação de envolvimento ao longo do tempo, parece que o anúncio foi mostrado uma vez para uma parte selecionada de usuários dos EUA, fora do público pré-existente da marca Michael Kors. Ao contrário dos tuítes patrocinados, que permanecem em timelines dos usuários antes de ser empurrado por novos tweets, os posts do Instagram funcionam da mesma maneira que um post normal.”

 

1453228_10202204362261694_1369057915_n

Resultados quantitativos, 18 horas após a postagem do anúncio:

  • 218 mil curtir, um aumento de 370% (quase quatro vezes o número habitual)
  • 6,15 milhões de usuários é a estimativa da audiência global atingida
  • 33 mil novos seguidores (16 vezes mais que o habitual)

Resultados qualitativos (comentários):

Por mais que o número de ‘curtir’ tenha sido elevado, nem todos os usuários atingidos pelo post estavam contentes:

  • 20% dos comentários foram negativos, mostrando o descontentamento dos usuários em relação ao post
  • Apenas 1% dos comentários foram de usuários que manifestaram a intenção de compra.

Essa reação já era mais do que esperada pelos usuários, que sempre foram contra a inserção de posts patrocinados.

Abaixo, mais alguns exemplos de como seriam os posts patrocinados.

FSB DIGITAL

04
nov

Agregamos valor aos clientes ;)


Na última semana a reportagem da Veja São Paulo deu o que falar com os 10 Mandamentos do Rei do …

FSB DIGITAL

04
nov

Agregamos valor aos clientes ;)


Na última semana a reportagem da Veja São Paulo deu o que falar com os 10 Mandamentos do Rei do Camarote. Não demorou muito para o fato virar meme. Até agora são quase 4 milhões de visualizações no vídeo produzido pela Vejinha.

A grande dúvida é se a história é verídica ou uma trollagem de alguma marca. Existem várias teorias. Entre elas a da jornalista Rosana Hermann, que prova a veracidade dos fatos.

Apesar do mercado ainda não ter respostas concretas sobre o fato, o meme despertou nas marcas uma oportunidade para rir e interagir com seus fãs/seguidores. Nossos clientes também não ficaram fora dessa. Confira alguns dos posts que tiveram destaque essa semana.



Post by Governo do Estado do Ceará.

Ministério do Esporte

531915_533888560028866_1405538801_n

Post by Ministério do Esporte do Brasil.

Portal da Copa



Post by Portal da Copa.
Ipiranga Racings



Post by Ipiranga Racing.

Ipiranga Shops



Post by IpirangaShop.

am/pm



Post by ampm Brasil.

FSB DIGITAL

30
out

Ganhamos 2 Prêmios Pororoca!


Levamos pra casa na noite do dia 30 de Outubro dois prêmios Pororoca. Os cases ganhadores foram “Doe Orgãos. Compartilhe …

FSB DIGITAL

30
out

Ganhamos 2 Prêmios Pororoca!


Levamos pra casa na noite do dia 30 de Outubro dois prêmios Pororoca. Os cases ganhadores foram “Doe Orgãos. Compartilhe Vida”, do Ministério da Saúde e “Cielo Linkci”, da Cielo.

O primeiro, que venceu Ouro na categoria “Melhores Ações em Redes Sociais”, consiste em uma plataforma de comunicação para aumentar o número de doares de órgãos no Brasil. Uma nova funcionalidade foi criada no Facebook, permitindo que os usuários se declarassem doadores diretamente pela rede social.

O segundo case, que faturou o Bronze na Categoria “Ação de Inovação”, é um projeto pioneiro da Cielo. Uma plataforma que integra as máquinas da credenciadora ao Facebook em uma dinâmica de gamefication e geolocalização. Clique aqui para conhecer mais sobre a plataforma!

Essa é a segunda edição do Prêmio Pororoca, iniciativa criada pela Associação Brasileira dos Agentes Digitais (ABRADi), que tem por objetivo estimular a criatividade digital brasileira, premiando as agências e profissionais de criação de todo o Brasil.

#DigitalLevadoASerio #Orgulho

INTERAÇÕES

16
out

O impacto do novo algoritmo do Facebook


Após as alterações realizadas no algoritmo do Facebook, fizemos um estudo para identificar quais impactos as marcas tiveram em suas …

INTERAÇÕES

16
out

O impacto do novo algoritmo do Facebook


Após as alterações realizadas no algoritmo do Facebook, fizemos um estudo para identificar quais impactos as marcas tiveram em suas interações com os usuários/fãs.

Como metodologia, analisamos desde abril as variações mensais na porcentagem média de fãs das páginas, alcançados pelos conteúdos postados. Ao todo foram 10 páginas analisadas, de tamanhos, segmentos e frequência de postagem variados.

Tivemos como média, uma queda nos fãs alcançados pelas páginas. O dado confirma que houve queda no alcance orgânico das páginas, após a alteração realizada no algorítimo do Facebook no dia 06 de agosto, e talvez alguma outra alteração não comunicada pela rede. Algumas páginas apresentam quedas maiores ou menores, provavelmente pelo uso de mídia paga.

Considerando que a queda de alcance provoca naturalmente uma queda no número de interações, é importante sempre analisar o cálculo de % de interações sobre alcance. Isso, pois o número absoluto pode ter caído por conta da redução no alcance, no entanto a % de engajamento não é comprometida.

IMPORTANTE – NO CASO DE POSTS PATROCINADOS

O uso de mídia paga para posts pode influenciar a variação, pois ao promover um post,  a % de fãs alcançados com o conteúdo aumenta. Por exemplo: se a marca usou mídia paga para promover posts em agosto, mas não usou em setembro, a queda será ainda maior. Já se a marca não promoveu posts em agosto, mas promoveu em setembro, sua queda será menor.

 

REDES SOCIAIS

04
out

Instagram oficializa anúncio na rede


Em comunicado divulgado em seu Blog, o Instagram oficializou que está crescendo como negócio. E para torná-lo sustentável e continuar …

REDES SOCIAIS

04
out

Instagram oficializa anúncio na rede


Em comunicado divulgado em seu Blog, o Instagram oficializou que está crescendo como negócio. E para torná-lo sustentável e continuar provendo serviços para seus usuários, iniciará em breve a veiculação de anúncios.

Nas palavras da rede:

“Vamos nos concentrar em fornecer um pequeno número de fotos e vídeos de alta qualidade de uma relação pequena de marcas que já fazem parte da comunidade do Instagram.”

 

A ideia é que os anúncios sejam inseridos de forma natural na timeline, mas sempre com a sinalização de patrocinado – assim como no Facebook e Twitter com os posts e tuítes respectivamente. Os usuários, por sua vez, terão a opção de ocultar os anúncios e reportar o motivo que levou a esta ação.

Ao final, a rede esclarece que as fotos e vídeos dos usuários não são de propriedade do Instagram e que, ao contrário aos rumores recentes, nada se altera na dinâmica e política de privacidade do conteúdo postado.

“Como sempre, suas fotos e vídeos pertencem a você. A introdução de anúncios não mudará isso”.

 

Relembre a história da rede:

O Instagram foi fundado em 2010, pelo brasileiro Mike Krieger e pelo americano Kevin Systrom. Em 2012 o Facebook adquiriu a ferramenta pelo valor aproximado de US 1 Bilhão. Na época a rede social contava com 30 milhões de usuários. Hoje esse número pulou para 150 milhões de usuários.

FSB DIGITAL

01
out

Nespresso tá em casa ;)


É isso mesmo! Ganhamos a concorrência da conta de mídias sociais da Nespresso, pioneira mundial e referência na fabricação de cafés premium …

FSB DIGITAL

01
out

Nespresso tá em casa ;)


É isso mesmo!

Ganhamos a concorrência da conta de mídias sociais da Nespresso, pioneira mundial e referência na fabricação de cafés premium em cápsulas.

Vamos administrar o conteúdo da fanpage Global da marca, adequando a comunicação ao público brasileiro, com linguagem e referências nacionais.

Aproveite e curte lá: https://www.facebook.com/nespresso

UMILK-2

Bem vinda Nespresso! #DigitalLevadoASerio

 

 

 

FSB DIGITAL

23
set

Mais um Aberje!


Hoje foi um dia de muito #orgulho para nós e principalmente para a equipe de Ipiranga! Ganhamos o Prêmio Aberje …

FSB DIGITAL

23
set

Mais um Aberje!


Hoje foi um dia de muito #orgulho para nós e principalmente para a equipe de Ipiranga!

Ganhamos o Prêmio Aberje na Categoria Mídias Sociais, com o case MotoClube Ipiranga!

Construímos uma comunidade de relacionamento, inspirada nos clubes fechados, para todos os públicos: dos aficionados por Harley-Davidson aos motoboys.

Conseguimos uma taxa de engajamento médio de conteúdo postado de 0,68%. Pra vocês terem uma ideia, de acordo com o Social Bakers, as 3 maiores fanpages do Brasil possuem respectivamente 0,053%, 0,001% e 0,122%.

Alguns outros números desse super case:

  • 300 MIL FÃS EM MENOS DE UM ANO
  • MÉDIA MENSAL DE 3,8 MILHÕES USUÁRIOS ALCANÇADOS
  • MAIS DE 1.500 FOTOS ENVIADAS POR USUÁRIOS
  • MAIS DE 1.000 COMPARTILHAMENTOS DIÁRIOS DE CONTEÚDO

Confira aqui a fanpage oficial e conheça mais!

 

REDES SOCIAIS

06
set

O 7 de Setembro e as mobilizações nas redes sociais


As mobilizações nas redes sociais mostraram seu poder de fogo em junho de 2013. Agora às vésperas de um emblemático …

REDES SOCIAIS

06
set

O 7 de Setembro e as mobilizações nas redes sociais


As mobilizações nas redes sociais mostraram seu poder de fogo em junho de 2013. Agora às vésperas de um emblemático 7 de setembro, o que as redes querem dizer? Nos últimos 8 dias, a FSB Digital fez um estudo para analisar o “pulso” das mobilizações, quais os agentes mais fortes, grupos e organizações.

Os dados indicam volume intenso de articulação para protestos em todo o país. São cerca de 200 manifestações agendadas pelas redes, com quase 6 milhões de convidados. O alcance é nacional: os 26 estados mais o Distrito Federal, em um total de 145 cidades.

Confira o estudo completo aqui.

OPINIÃO

04
set

Você é um Atormentado Virtual?


Quantas vezes você já se sentiu atormentado com tanta informação vinda pelas redes sociais, pela timeline dos amigos, dos parentes …

OPINIÃO

04
set

Você é um Atormentado Virtual?


Quantas vezes você já se sentiu atormentado com tanta informação vinda pelas redes sociais, pela timeline dos amigos, dos parentes e dos parentes dos parentes? Quantas vezes você se perguntou onde vamos parar com tantos perfis para gerenciar, tantas novas situações que o mundo digital, especialmente as redes, nos trouxeram? E nos jogaram nelas! E?… e aí?

 

Sem querer dar respostas definitivas para nenhuma dessas situações, a FSB Digital criou uma websérie que é quase uma catarse. O “Atormentado Virtual” nasceu do desejo de compartilhar com os amigos, as nossas famílias, os nossos clientes e também o mercado — afinal estamos todos juntos nesse “tormento” — essa nova percepção social que todo dia nos interroga.

 

Serão depoimentos espontâneos de pessoas como nós — blogueiros, CEOs, empresários, gerentes, analistas — que se sentem atormentadas pelo volume de informações, relacionamentos e crises geradas nos ambientes digitais. A ideia é fazer com que as pessoas se identifiquem com o conteúdo e iniciem um processo de reflexão sobre essa nova dinâmica. Afinal, tormento também se compartilha!

O vídeo inaugural é protagonizado pelo ator e comediante Marcus Majella, que interpreta o Ferdinando em “Vai que cola” (Multishow), o Marquinhos em “220 Volts” (Multishow) e vários personagens no “Porta dos Fundos”, canal mais acessado no Youtube Brasil.

START-UPS

20
ago

Internet.Org: o novo projeto de Mark Zuckerberg


O fundador e CEO do Facebook, anunciou no dia 20/08 o lançamento da Internet.org. O objetivo é levar o acesso …

START-UPS

20
ago

Internet.Org: o novo projeto de Mark Zuckerberg


O fundador e CEO do Facebook, anunciou no dia 20/08 o lançamento da Internet.org. O objetivo é levar o acesso à Internet aos 2/3 do mundo que ainda não estão conectados e trazer as mesmas oportunidades que apenas uma parcela da população mundial possui hoje.

“Tudo o que o Facebook tem feito diz respeito a dar às pessoas do mundo inteiro o poder de se conectar”, Mark Zuckerberg.

 

 

“Há enormes barreiras nos países em desenvolvimento para ingressar na economia do conhecimento. A Internet.org reúne uma parceria global que irá trabalhar para superar esses desafios, inclusive disponibilizando a internet para aqueles que atualmente não podem pagar por ela.”

 

 

Os membros fundadores da Internet.org são Facebook, Ericsson, MediaTek, Nokia, Opera, Qualcomm e Samsung. De acordo com a nota oficial, eles vão desenvolver projetos conjuntos, compartilhar conhecimento e mobilizar a indústria e os governos para levar a internet ao mundo inteiro.

Ainda de acordo com a nota, a Internet.org incidirá sobre três principais desafios nos países em desenvolvimento:

Preços acessíveis: tornar a conectividade móvel mais acessível e diminuir o custo de entrega de dados. Um dos projetos será o desenvolvimento de smartphones de baixo custo e alta qualidade, além de parcerias para levar a internet à comunidades carentes.

Uso de dados de forma mais eficiente: investimento em ferramentas que reduzem a quantidade de dados necessários para utilizar a maioria dos aplicativos e experiências da internet. Alguns dos projetos citados por eles são: o desenvolvimento de ferramentas de compressão de dados, a construção de sistemas para armazenar dados de forma eficiente e criação de novas estruturas para aplicativos com o objetivo de reduzir o uso de dados.

Ajudar as empresas em novos modelos de negócios: apoio ao desenvolvimento de modelos de negócios sustentáveis ​​e serviços que tornam mais fácil o acesso à internet. Isto inclui testar novos modelos que são benéficos tanto para as operadoras móveis quanto para fabricantes de dispositivos e desenvolvedores, entre outras empresas.

 

REDES SOCIAIS

06
ago

Novo Algoritmo do Facebook


O Facebook anunciou hoje no seu Blog Oficial que fará alterações no algoritmo da rede social. De acordo com o …

REDES SOCIAIS

06
ago

Novo Algoritmo do Facebook


O Facebook anunciou hoje no seu Blog Oficial que fará alterações no algoritmo da rede social. De acordo com o comunicado, a rede trabalha constantemente para qualificar o conteúdo, já que, cada vez que alguém visita o News Feed, há, em média, 1500 histórias potenciais de amigos (essa é a média com base em uma amostra aleatória de 7.000 usuários ativos diários durante uma semana do mês de Julho/13).

 

O objetivo do News Feed é entregar o conteúdo certo para as pessoas certas, no momento certo, para que não perca as histórias que são importantes para eles. Idealmente, nós queremos News Feed para mostrar todas as mensagens que as pessoas querem ver na ordem que quiser lê-los.

 

 

Em resumo, a partir de agora outras variáveis serão levadas em consideração para selecionar o conteúdo do NewsFeed, como por exemplo:

  • Quantas vezes você interage com o amigo, página ou figura pública
  • O número de curtir, compartilhamentos e comentários que um post recebe dos usuários em geral e de seus amigos, principalmente
  • O quanto você tem interagido com este tipo de conteúdo no passado
  • Se você ou outras pessoas estão ocultando o post no NewsFeed

A partir de agora, as histórias orgânicas que as pessoas não rolarem para baixo o suficiente para ver, podem reaparecer no topo da News Feed (isso se os posts ainda estiverem recebendo curtir e comentários).

“Essa atualização faz um trabalho melhor de mostrar às pessoas as histórias que elas querem ver. Para os proprietários de página, isso significa que seus mais populares posts Página orgânicos têm uma maior chance de ser mostrado para mais pessoas, mesmo que eles estão mais do que algumas horas de idade. Os anunciantes devem observar, no entanto, que esta mudança não afeta como conteúdo pago aparece em feeds de notícias.”

 

 

É fato que isso pode impactar as páginas das marcas, mas ainda é prematuro dizer se é para o bem ou para o mal. Em breve publicaremos nossa percepção levando em consideração as páginas que gerenciamos aqui. Fique alerta!

 

 

INTERAÇÕES

02
ago

Chegou o Momento Chef am/pm


Foi lançado no dia 02/08 a nova websérie da Rede am/pm assinada por nós! O projeto integra a estratégia de …

INTERAÇÕES

02
ago

Chegou o Momento Chef am/pm


Foi lançado no dia 02/08 a nova websérie da Rede am/pm assinada por nós!

O projeto integra a estratégia de posicionamento da marca Ipiranga, que reforça a ideia de que os postos da rede são um lugar completo, fortalecendo o relacionamento com o consumidor final.

Apresentada pelos integrantes do  grupo carioca Ogrostronomia, a proposta é mostrar que cozinhar não é uma arte tão complexa, além de oferecer dicas para o preparo rápido de alimentos que são capazes de transformar qualquer internauta em um chef em alguns minutos.

A série contará, inicialmente, com cinco episódios: Momento Família, Momento Criatividade, Momento Geladeira Vazia, Momento Festa e Momento Solteiro. Para cada um desses “momentos” foram elaboradas receitas práticas, que utilizam ingredientes facilmente encontrados em casa e em qualquer loja de conveniência da rede am/pm. O nome dos pratos indica o quão inusitadas são as combinações: “Pizza double chocolate”, “Miojão de Parrí”, “Tortilla de batata chips” e “Tunachos”. Além das receitas citadas, outras cinco receitas serão postadas na página oficial da rede am/pm no Facebook.

Confira aqui o Momento Festa

E o Momento Solteiro

____________________________________________________

Ficha Técnica

Cliente: Ipiranga

Projeto: Momento Chef

Direção geral: Julia Ribeiro

Roteiro: Raquel Lopes Novaes

Direção cena: Alexandre Pereira

Diretor de Criação: Mateus Braga

Diretor de Arte: João Cipolotti

Imprensa: Juliana Latosinski

Fotografia: Marcelo Neves Rodrigues / Leonardo Nicolay

Edição: Docc Vídeo – Carlos Pereira

Redes Sociais: Monique Piancó e Thiago Mattos

Receitas: Ogrostonomia (Jimmy McManis, Guto Senra, Ricardo Augusto Boris Henningsen e Marcelo Neves Rodrigues)

Aprovação Cliente: Kim Lima e Fernanda Menezes

FSB DIGITAL

01
ago

Seja bem-vinda, Roche :)


Sabe quem é a maior empresa de biotecnologia do mundo e uma das maiores empresas de saúde no Brasil? É …

FSB DIGITAL

01
ago

Seja bem-vinda, Roche :)


Sabe quem é a maior empresa de biotecnologia do mundo e uma das maiores empresas de saúde no Brasil? É nossa cliente! Roche, seja bem vinda à FSB Digital!

Vamos trabalhar no segmento Roche Farmacêutica, responsável pelo desenvolvimento e pela produção de medicamentos pioneiros para doenças como câncer, doenças virais, autoimunes e do sistema nervoso central.

Seremos responsáveis pela gestão das redes sociais, pelo Portal Diálogo Roche – focado no relacionamento com profissionais de saúde – e por todo o planejamento e execução das campanhas de e-mail marketing, mídia on-line e demais ações voltadas para o ambiente digital!

Agora chega de escrever e bora trabalhar ;)

OPINIÃO

30
jul

O Papa é pop


O Papa é pop – e também conectado nas redes sociais. Durante a semana que passou no Rio de Janeiro, …

OPINIÃO

30
jul

O Papa é pop


O Papa é pop – e também conectado nas redes sociais. Durante a semana que passou no Rio de Janeiro, participando da Jornada Mundial da Juventude 2013,  o Papa Francisco não esqueceu de seus fiéis high-tech e manteve suas contas no Twitter atualizadas. Sim, suaS contaS – porque o Papa possui nove perfis no Twitter.
Cada uma em um idioma, do latim (língua oficial do estado do Vaticano) ao árabe passando por português, italiano, inglês, francês, alemão, polonês e, claro, espanhol (a língua materna de José Mario Bergoglio, o nome que usava antes de se tornar Sua Santidade).
Juntos, os perfis somam pouco mais de 7,5 milhões de seguidores – o que coloca o Papa no segundo lugar entre os Chefes de Estado mais seguidos do mundo, atrás apenas do Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que só tem Twitter em inglês.
Pela rede, durante sua visita ao Rio de Janeiro, o Papa Francisco agradeceu aos brasileiros pela recepção calorosa, comentou sua emoção com a festa em Copacabana e lembrou a todos que mais do que orar “é preciso compromisso diário e corajoso” com boas atitudes.
Todas as mensagens foram publicadas em cada um dos perfis em sua própria língua e com as hashtags correspondentes à Jornada:  #JMJ #Rio2013.
Antes de chegar ao Brasil, entretanto, houve uma polêmica: foi informado pelo Vaticano que quem seguisse a conta do Papa no Twitter teria indulgência, o perdão dos pecados, durante a JMJ. Depois veio o esclarecimento – não bastava seguir o Papa no Twitter, seria preciso também estar profundamente arrependido dos pecados. Ah bem! Estava moderno demais isso.
O perfil principal do Papa (@Pontifex, em inglês) foi lançado em dezembro de 2012, quando Bento XVI ainda era o ocupante do cargo. O perfil foi desativado quando ele abdicou do Papado em fevereiro e retornou em março deste ano, quando Francisco foi escolhido. A frase da volta? “Habemus Papam Franciscum”.

REDES SOCIAIS

25
jul

ALERTA: novas regras concursos culturais


Em nota do dia 22 de julho no Diário Oficial da União, o Ministério da Fazenda publicou as novas regras …

REDES SOCIAIS

25
jul

ALERTA: novas regras concursos culturais


Em nota do dia 22 de julho no Diário Oficial da União, o Ministério da Fazenda publicou as novas regras de concursos e sorteios.

O que deixou todos, inclusive nós, com um ponto de interrogação na cabeça. Antes o que distinguia sorteio de concurso era a sorte e vinculo à compra. É fator sorte? Sorteio. É vinculado à compra? Sorteio. E só.

Agora as perguntas são outras. Há exposição explícita da marca? Há divulgação do concurso na embalagem do produto? Está vinculado a uma data sazonal?

É. Ficou difícil responder todas as perguntas e ainda concluir se a ação pode ou não ser caracterizada como concurso.

Mas afinal de contas, o que significam as novas regras? Qual será a nova dinâmica de concursos e promoções? Está estritamente proibida a realização de concursos nas redes sociais? Vamos desvendar todas essas dúvidas aqui.

 “Art. 2º Fica descaracterizado como exclusivamente artístico, cultural, desportivo ou recreativo o concurso em que se consumar a presença ou a ocorrência de ao menos um dos seguintes elementos, além de outros, na medida em que configurem o intuito de promoção comercial:”

 

Regras que já existiam

Regra I - propaganda da promotora ou de algum de seus produtos ou serviços, bem como de terceiros, nos materiais de divulgação em qualquer canal ou meio, ressalvada a mera identificação da promotora do concurso;

 

Regra II - marca, nome, produto, serviço, atividade ou outro elemento de identificação da empresa promotora, ou de terceiros, no material a ser produzido pelo participante ou na mecânica do concurso, vedada, ainda, a identificação no nome ou chamada da promoção;

 

Regra III - subordinação a alguma modalidade de álea ou pagamento pelos concorrentes, em qualquer fase do concurso.

 

Regra IV - vinculação dos concorrentes ou dos contemplados com premiação à aquisição ou uso de algum bem, direito ou serviço;


 Novas Regras

Regra V - exposição do participante a produtos, serviços ou marcas da promotora ou de terceiros, em qualquer meio;

(O que significa: o participante não pode mais advogar ou fazer qualquer menção à marca em fotos, frases ou vídeos).

 

Regra VI - adivinhação;

 

Regra VII - divulgação do concurso na embalagem de produto da promotora ou de terceiros;

 

Regra VIII - exigência de preenchimento de cadastro detalhado, ou resposta a pesquisas, e de aceitação de recebimento de material publicitário de qualquer natureza;

 

Regra IX - premiação que envolve produto ou serviço da promotora;

 

Regra X - realização de concurso em rede social, permitida apenas sua divulgação no referido meio;

(O que significa: está estritamente proibida a realização de concursos culturais em redes sociais. Só será permitida a divulgação dos mesmos por esse meio).

 

Regra XI - realização de concurso por meio televisivo, mediante participação onerosa;

 

Regra XII - vinculação a eventos e datas comemorativas, como campeonatos esportivos, Dia das Mães, Natal, Dia dos Namorados, Dia dos Pais, Dia das Crianças, aniversário de Estado, de Município ou do Distrito Federal e demais hipóteses congêneres.

 

O que fazer?

A solução é aquela que todos sempre evitaram, mas que agora é a salvadora da pátria: a promoção. Se a legitimidade da ação requer a menção à marca e sua participação nas redes sociais a saída é caracterizar o projeto como uma promoção. No entanto precisará da Certificação perante à Caixa Econômica Federal (CEF) ou Certificação perante à Secretaria de Acompanhamento Econômico (SEAE).

Quer ler a nota na íntegra? Clique aqui.

PROPAGANDA

18
jul

Google deve lançar serviço de TV via streaming


Saiu no The Wall Street Journal, no dia 16, um spoiler de que o Google deve lançar uma versão online …

PROPAGANDA

18
jul

Google deve lançar serviço de TV via streaming


Saiu no The Wall Street Journal, no dia 16, um spoiler de que o Google deve lançar uma versão online de TV paga.

A fonte diz que o gigante já está se juntando com algumas empresas de tecnologia para viabilizar o projeto, mas nada foi confirmado até o momento.

De acordo com o jornal, o serviço não entraria para competir com empresas como Netflix, por exemplo, e sim no segmento de TVs pagas. Isso porque, de acordo com eles, o serviço terá uma programação pré-estabelecida onde os usuários podem navegar pelos canais, além do conteúdo on-demand.

Isso nos faz refletir quanto ao mercado de mídia global. A web está ganhando cada vez mais espaço na verba dos anunciantes. Com a TV online, a fatia da TV convencional perde mais drasticamente sua fatia da pizza.

MOBILE

17
jul

Ibope passa a medir audiência de TV em celulares.


O Ibope divulgou no último dia 17,  que iniciará uma pesquisa  que visa compreender o consumo de TV digital nos …

MOBILE

17
jul

Ibope passa a medir audiência de TV em celulares.


O Ibope divulgou no último dia 17,  que iniciará uma pesquisa  que visa compreender o consumo de TV digital nos aparelhos celulares. A empresa busca 2 mil voluntários que devem possuir um celular com sistema operacional Android e acesso à TV Digital (eles deverão baixar o aplicativo TV Móvel do Google Play).

O cadastro é feito via hotsite e os participantes receberão incentivo e prêmios para participar da pesquisa. Acesse aqui o hotsite para saber mais sobre o projeto.

Sobre o mercado de smartphones no Brasil (fonte Exame):

O levantamento apresentado pela GfK na feira Eletrolar do dia 17/07 em São Paulo, mostrou que as vendas de smartphones corresponderam a 40% das vendas de celulares no Brasil (base: janeiro a maio deste 2013 / em unidades).

Em 2012 e 2011 eram de 21% e 14%, respectivamente. O Brasil atingiu agora um patamar próximo ao que Alemanha e Japão haviam alcançado dois anos atrás.

Em volume, as vendas de smartphones no Brasil aumentaram 197% entre 2011 e 2013, enquanto de celulares comuns caíram 29%.

INTERAÇÕES

14
jul

Entenda o que é o Storify (e como você pode se aproveitar dele)


Para quem ainda não conhece, o Storify é uma ferramenta que permite criar histórias por meio da colagem de posts …

INTERAÇÕES

14
jul

Entenda o que é o Storify (e como você pode se aproveitar dele)


Para quem ainda não conhece, o Storify é uma ferramenta que permite criar histórias por meio da colagem de posts compartilhados nas redes sociais. Você procura o conteúdo, extrai as informações, faz sua montagem e começa a compartilhar. Simples assim.

No final do mês de março, a ferramentam lançou duas versões: uma  para empresas, ao custo de U$79 ao mês, e outra  VIP, que tem o preço customizado para cada cliente. Essa versão permite:

  • Criar histórias particulares (visíveis apenas por um link seguro, ideais para relatórios internos ou comunicações da empresa)
  • Adicionar a identidade visual da sua marca
  • Contar com o suporte de SEO (visível aos motores de busca)
  • Postar histórias livres de anúncio
  • Ter suporte aprimorado

Mas como isso tudo pode beneficiar as marcas?

De dois jeitos. Primeiro porque o Storify será uma ferramenta simples para o monitoramento superficial de sua marca. Segundo porque você poderá extrair, criar e compartilhar histórias com sua audiência.

 

TECH

02
jul

O fim do Google Reader


Como foi anunciado em março, o Google encerrou os serviços do Reader no dia 1 de julho, deixando muitos usuários …

TECH

02
jul

O fim do Google Reader


Como foi anunciado em março, o Google encerrou os serviços do Reader no dia 1 de julho, deixando muitos usuários órfãos. Mas mal deu tempo de sentir saudade.

Aproveitando o gap, o AOL anunciou recentemente o lançamento do AOL Reader. A plataforma, que ainda está em fase beta, aceitará 3 tipos de login: pelo e-mail do AOL (ineficaz para brasileiros), pelo Twitter, Facebook ou Google Accounts. O usuário ainda poderá importar sua lista de favoritos ou adicionar manualmente os seus sites favoritos.

No entanto, é bom a AOL se preparar, pois o Feedly tem se aperfeiçoado cada vez mais para ganhar o público do Google Reader. Briga de cachorro grande!

REDES SOCIAIS

01
jul

Facebook atualiza Insights


O Facebook anunciou em seu blog que atualizou a ferramenta Facebook Insights, que gera dados e métricas das FanPages. A …

REDES SOCIAIS

01
jul

Facebook atualiza Insights


O Facebook anunciou em seu blog que atualizou a ferramenta Facebook Insights, que gera dados e métricas das FanPages. A atualização aconteceu devido ao feedback dos próprios usuários. De acordo com eles, os dados que eram extraídos da ferramenta não eram acionáveis, ou seja, não ajudavam na tomada de decisões e na melhoria do conteúdo postado.

A partir disso, o Facebook implementou mudanças globais, mas que ainda estão restritas a um grupo de administradores. Aqui na agência, já estamos com a ferramenta atualizada. E como isso pode beneficiar as marcas? As métricas ficaram mais claras de serem interpretadas e agora podem auxiliar na estratégia de marketing de conteúdo na web.

1)    Alterações nas métricas

Pessoas falando sobre isso (PFSI) mais detalhado

De onde vem “pessoas falando sobre isso?”. O Facebook destrinchou o PFSI em elementos que serão reportados separadamente, como: Likes, pessoas envolvidas (o número de pessoas únicas que clicaram, curtiram, comentaram, ou compartilharam os posts), marcações e menções, checkins e outras interações. Dessa forma será possível identificar quais as ações que geram mais repercussão com a audiência.

Alcance viral passa a ser “Taxa de Envolvimento”

A métrica de ‘Alcance Viral’ é frequentemente utilizada como um ponto de referência para a qualidade de um post. No entanto, essa métrica não incluía cliques em sua medição, que são um forte indicador de envolvimento positivo do público. A partir de agora os cliques estão inclusos nessa métrica, que recebe uma nova definição, chamada “taxa de envolvimento”.

2)    Ajudar as marcas a criar e publicar conteúdo com mais qualidade

Uma consideração importante na avaliação da qualidade do post é a relação entre as interações positivas (likes, comentários, compartilhamentos e cliques) e interações negativas (esconder um post, esconder todos os posts, reportar como spam ou dar ‘unlike’ em uma página). Na versão anterior a ferramenta reportava todo o desempenho, alcance e envolvimento dos posts. Na atualização, o Facebook agregou todas essas métricas em uma pontuação específica do post, ou seja, agora é possível avaliar indicadores positivos e negativos ao mesmo tempo. Isso ajudará os administradores a identificar o conteúdo que as pessoas mais interagem de forma mais clara e rápida, além de visualizar dias e horários onde a audiência interage mais, permitindo identificar os ‘horários nobres’ para definir quando realizar as publicações.

facebookinsghts

3)    Mais informações sobre as pessoas que interagem

Antes, a ferramenta mostrava apenas dados demográficos de alcance (usuários únicos que são impactados por um post, seja por meio de um compartilhamento por uma página ou por um perfil). Agora o Facebook Insights permite também ver os dados de pessoas envolvidas na publicação (usuários que curtiram, compartilharam ou comentaram no post). Isso ajuda os administradores a identificar quais conteúdos são compatíveis com diferentes audiências.

facebook insights

REDES SOCIAIS

27
jun

Facebook pode lançar recurso de feed RSS para mobile


O Wall Street Journal anunciou na última semana que o Facebook pode lançar uma ferramenta de visualização de Feed com …

REDES SOCIAIS

27
jun

Facebook pode lançar recurso de feed RSS para mobile


O Wall Street Journal anunciou na última semana que o Facebook pode lançar uma ferramenta de visualização de Feed com o conteúdo da própria rede.

O serviço seria parecido com o já existente Flipboad, que oferece uma maneira diferente do leitor acompanhar o feed de notícias. A rede ainda não fez nenhum anuncio público sobre a nova plalaforma, mas vale ficar de olho! ;)

FSB DIGITAL

25
jun

FSB Digital participa do Especial do Valor Econômico


A FSB Digital participou do Especial “Construção de Imagem”, do Valor Econômico, publicado na edição de 19 de junho. Maria …

FSB DIGITAL

25
jun

FSB Digital participa do Especial do Valor Econômico


A FSB Digital participou do Especial “Construção de Imagem”, do Valor Econômico, publicado na edição de 19 de junho. Maria Claudia Bacci, nossa diretora-executiva, falou sobre o mercado digital.

Veja aqui a versão completa e abaixo os highlights da entrevista:

1011019_597788696927868_16592098_n

“O marketing e a comunicação digital têm ganhado mais relevância nas estratégias das empresas”, comenta Maria Claudia Bacci.

“As empresas, consequentemente, têm investido mais onde o cliente está, na web. A área digital deixa de ser apenas um canal para comunicação e marketing e passa a compor algo mais estratégico nas organizações”, diz.

“A FSB Digital tem apostado em ‘inovação’ e ‘business intelligence’ ”, diz Maria Claudia. “Temos uma equipe exclusiva para inovação, criação de novos produtos e BI, justamente para entregar produtos e serviços novos aos clientes.” Segundo Maria Claudia, a FSB Digital conta com “70 especialistas em marketing e comunicação digital e cinco áreas dedicadas a diferentes disciplinas”.

REDES SOCIAIS

24
jun

Instagram vs Vine, Facebook vs Twitter


A disputa começou no dia 24 de junho, quando a maior rede social do mundo, o Facebook, anunciou um novo …

REDES SOCIAIS

24
jun

Instagram vs Vine, Facebook vs Twitter


A disputa começou no dia 24 de junho, quando a maior rede social do mundo, o Facebook, anunciou um novo serviço de vídeos no Instagram.

Agora, os usuários poderão fazer vídeos de até 15 segundos e com 13 opções de filtros na rede.

O anúncio provocou o principal concorrente direto, o Vine, rede lançada no começo do ano pelo Twitter que permite compartilhar vídeos em loop de até 6 segundos.

A CNN e The Guardian abriram para discussão a possibilidade de o Vine ficar ofuscado com a entrada do Instagram. No entanto, de acordo com o Social Media Today, isso não deve acontecer por uma simples razão: o Vine inspira as marcas a serem criativas, já que existe um limite de apenas 6 segundos para cada vídeo.

E a nossa opinião? Bom, o fato é que o Vine iniciou suas atividades no começo do ano e até o momento conta com cerca de 13 milhões de usuários ativos por mês. Além disso, a rede não permite que você encontre amigos  pelo Facebook, apenas via Twitter. O Instagram, por sua vez, possui dez vezes mais usuários mensais ativos e dois serviços em uma só rede – foto e vídeo. Isso sem falar que o usuário pode sincronizar seus contatos do Facebook, ou seja, mais uma vantagem.

Quer saber mais sobre as marcas que estão nessas redes? Visite esse link.

REDES SOCIAIS

21
jun

Geotargeting no Twitter


O Twitter acaba de incluir no seu pacote de publicidade o Geotargeting para os Tweets patrocinados (Promoted Tweets) e contas …

REDES SOCIAIS

21
jun

Geotargeting no Twitter


O Twitter acaba de incluir no seu pacote de publicidade o Geotargeting para os Tweets patrocinados (Promoted Tweets) e contas patrocinadas (Promoted Accounts) no Brasil.

O serviço chega para agregar valor na proposta de publicidade da rede. Com o geotargeting, é possível segmentar regionalmente os Promoted Tweets e Promoted Accounts, alcançando públicos de todas as regiões do Brasil.

Ou seja, as marcas podem fazer ofertas, campanhas e mensagens regionais.

FSB DIGITAL

20
jun

Votorantim, seja bem-vinda!


A FSB Digital  agora assume o atendimento e monitoramento das redes sociais do Grupo Votorantim. Ao todo, cuidaremos de sete …

FSB DIGITAL

20
jun

Votorantim, seja bem-vinda!


A FSB Digital  agora assume o atendimento e monitoramento das redes sociais do Grupo Votorantim. Ao todo, cuidaremos de sete contas diferentes: Votorantim Industrial, Votorantim Metais, Votorantim Siderurgia, Votorantim Cimentos, Votorantim Energia, Votorantim Instituto e Citrosuco.

Ficamos contentes e motivados pelo reconhecimento de nossa forte atuação estratégica no setor e esperamos contribuir para a tomada de decisões da companhia. “O trabalho visa agregar valor no negócio ao buscar tendências e gerar insights para a Votorantim”, comenta Maria Claudia Bacci, diretora-executiva da FSB Digital.

REDES SOCIAIS

17
jun

#Hashtag No Facebook


O Facebook anunciou recentemente o uso de #hashtag na rede. E como se beneficiar e promover seus posts , campanhas …

REDES SOCIAIS

17
jun

#Hashtag No Facebook


O Facebook anunciou recentemente o uso de #hashtag na rede.

E como se beneficiar e promover seus posts , campanhas , produtos e serviços?

Aqui vão algumas dicas:

  • Primeiro, entenda o ambiente externo para não gerar uma crise desnecessária
  • Utilize sempre a mesma #hashtag em todas as redes. Assim você não dispersa a audiência ou assunto
  • Dissemine uma hashtag autêntica e somente sua

REDES SOCIAIS

30
mai

Facebook: autenticidade para as marcas


O Facebook anunciou no final de maio que as contas de marcas e figuras públicas serão verificadas para garantir suas …

REDES SOCIAIS

30
mai

Facebook: autenticidade para as marcas


O Facebook anunciou no final de maio que as contas de marcas e figuras públicas serão verificadas para garantir suas autenticidades.

Semelhante ao recurso do Twitter, todas as contas reais receberão um selinho azul igual ao da página da Microsoft mostrado acima.

Mas como ter a sua página verificada? Bom, isso ainda não é possível. Quem escolhe quais páginas receberão o selo é o próprio Facebook. Inicialmente, todos os perfis e páginas que tiverem uma grande audiência receberão a nova feature.